Estudo e prática da computação ecologicamente sustentável

watch_later 9 de ago de 2013
TI Verde - estudo e práticas sustentáveis

Com as empresas e pessoas utilizando cada vez mais a Tecnologia da Informação, há uma necessidade crescente de infraestrutura computacional no mundo. Para criar e manter dados e fluxo de informações computacionais é necessário uma grande quantidade de servidores  e parques tecnológicos para seu funcionamento, conhecidos como datacenters. Essa infraestrutura computacional atualmente necessária implica em um aumento no consumo de energia. 

A redução do consumo de energia é uma ação prioritária do movimento da TI Verde (Green IT).Os servidores e datacenters das empresas são grandes vilões quando o quesito é consumo de energia, enquanto o foco tradicional em termos de consumo de energia são os datacenters, é importante ter uma visão holística das áreas que podem ser melhoradas. 

Também vale a pena notar que consumo de energia e refrigeração são e continuarão a ser a primeira preocupação dos administradores dos datacenters. É possível ir além da capacidade computacional das empresas, pensar nas estações de trabalho individualmente, optando por computadores menos potentes e monitores que consomem menos energia, como Thin Clients (computadores de baixo custo, sem disco rígido que processam informações diretamente no servidor)  que utilizam menos energia que computadores comuns e ocupam menos espaço, também existe a possibilidade de implementar aplicativos remotos nos computadores das empresas, pois permitem menos deslocamentos.





E Sendo o lixo eletrônico  uma das principais áreas da TI verde, um dos grandes vilões o computador, ele  contém mais de um quilograma de chumbo e de um verdadeiro coquetel de produtos químicos, incluindo antimônio, arsênio, boro, fósforo, ácido nítrico, ácido fluorídrico e fluoreto de hidrogênio. 

O computador também é rico em recursos minerais:  Eletrônica representa dez por cento da produção mundial de ouro, das quais apenas trinta por cento é recuperado a partir de sucata. Eletrônicos também contêm cobre. É uma situação pior para o cobre: noventa por cento de cobre em um computador podem ser recuperados, mas só dez por cento é. 

Esses fatos nos levam a uma  pergunta: você acredita que  no futuro precisaremos, gerenciar o impacto ambiental da tecnologia e utilizar  a tecnologia para ajudar a gerenciar o impacto da espécie humana sobre o planeta? Uma grande razão que nos leva cada vez mais a isso, são as  informações de que temos recursos finitos  e quando usamos minerais como ouro e prata e não recuperamos, esses minerais são deduzidos da nossa oferta global. Eventualmente, o registro vai ficar tão baixo, não teremos esses recursos disponíveis para nós por mais tempo se não reciclarmos o que usamos.