SQL Server - Parte 3 - Criando schemas

watch_later 10 de jul de 2013
Entendendo Schemas


Enquanto um banco de dados é o recipiente primário de todos os objetos, esquemas oferecerem um outro nível de contenção e organização dentro de um banco de dados. Usando um esquema, um usuário pode agrupar objetos de escopo ou propriedade semelhante juntos. 

Por padrão, o esquema de banco de dados (dbo) é criado automaticamente dentro da base de dados. Qualquer objeto que é criado é adicionado a este esquema. Você pode alterar esse comportamento em alguns aspectos, como você vai aprender mais adiante em nossos artigos.





Considere o esquema mostrado na imagem acima. Você pode criar um esquema que contém informações específicas para o departamento de recursos humanos. No entanto, se você estender o banco de dados para incluir informações de vendas para cada funcionário, você pode colocar os novos objetos em um esquema de vendas.

Criando um schema usando SSMS

1.Abra o SSMS e se conecte a uma instância do SQL Server.

2.Expanda a pasta Databases.

3.Expanda o banco de dados "NomeSeuBanco".

4.Expanda a pasta Segurança.

5.Botão direito do mouse na pasta e selecione Esquema Novo esquema a partir do menu de contexto.

6.No esquema - caixa de diálogo Novo, digite Vendas na caixa Nome do esquema dbo texto e na caixa de texto o proprietário do esquema.

7.Click OK.



Criando um schema usando T-SQL

1.Open the query editor in SSMS.

2.No query editor, execute o seguinte código T-SQL:

-- Use esse código para criar um schema no SQL Server 
USE NomeDoSeuBanco;
GO
CREATE SCHEMA Sales;
GO
CREATE SCHEMA HumanResources;
GO

A última coisa a falar sobre os esquemas é que você pode conceder permissões de usuários para schemas. Mais para frente irei fazer uma série de posts sobre "Segurança", você vai ver  profundamente vários aspectos de segurança do SQL Server, incluindo esquemas.

Postagens relacionadas:

SQL Server - Intro
SQL Server - Parte 1 - Normalização de Dados
SQL Server - Parte 2 - Criando sua primeira tabela
SQL Server - Parte 3 - Criando schemas